O que é o LED?

Desde sua criação em 1963, pelo Engenheiro norte-americano Nick Holonyac, o LED é considerado um elemento importantíssimo para facilitar a nossa vida, pelos mais diversos motivos o diodo emissor da luz – Light Emitting Diode, nomenclatura original e simplificada pela sigla LED.
LED – diodo emissor de luz é um componente eletrônico semicondutor, que utiliza a mesma tecnologia nos chips de computador, responsável na transformação de energia elétrica em luz. O LED diferente das lâmpadas convencionais, não incluem no seu processo:
* Eliminação de gases;
* Raios ultravioletas;
* Consumo de filamentos metálicos;
* Utlização de Mercurio;
E outros componentes agressivos ao meio ambiente, enquanto que no LED a transformação ocorre em estado sólido (Solid State), ou seja, a energia elétrica, através da matéria, dá origem à luz.
O LED tem dois terminais, é um componente bipolar, e se chamam anodo e catado. Conforme ocorre a polarização, permite ou não o transito da corrente elétrica e na sequência a incidência ou não de luz. Seu tamanho é bem reduzido, mas imprescindível para que tudo funcione.

A Historia do LED

Sua invenção é atribuída ao Engenheiro Nick Holonyak, mas não foi um trabalho solo, antes mesmo Henry Round (1881-1966) cientista britânico, apresentou uma descrição científica sobre a emissão de luz de alguns tipos de semicondutores ao interagirem com a corrente elétrica.
Paralelamente o talentoso cientista Oleg Vladimirovich (1903-1942) publicou a primeira pesquisa sobre LEDs em 1927.
Engenheiro da General Eletric, na ocasião, Nick Holonyak, em 1962 apresentou o LED em espetro visível, e já declarava que os LEDs iriam substituir as lâmpadas incandescentes.
Ainda na cor vermelha, o seu primeiro uso prático se deu na década de 60, depois de diversos estudos e aprimoramentos da tecnologia que permitiram a criação de outras cores, tais como o amarelo. A partir daí, a tecnologia passou a ser utilizada principalmente em aparelhos eletrônicos.

A Revolução:

Os LEDs de alto brilho, com luz branca, os ultravioletas, laser azul progenitor da tecnologia blu-ray, são méritos de outro grande engenheiro e cientista Shuji Nakamura (1954).Em Outubro de 2014, os cientistas Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura, foram honrados com o Prêmio Nobel de Física, pela invenção do diodo emissor de LED, pelo grande destaque de sua aplicabilidade com benefícios à sociedade.
Com o LED azul foi possível a criação dos LEDs de cor branca que, depois de muitos avanços e pesquisas, levaram à criação de lâmpadas com a mesma tecnologia e com diversas vantagens. A partir de 2012, aproximadamente, esse tipo de iluminação começou a se tornar uma alternativa viável por estar mais barato e possuir tecnologia mais avançada que garantiu mais qualidade em sua iluminação

AS VANTAGENS DO LED

O LED é, com certeza, a melhor forma de iluminação por ter diversas vatagens e beneficios por suas características que contribuem para seu uso.
Algumas Vantagens:

ECONÔMICO:
Toda a energia consumida pelo LED se converte em luz, por isso, consome muito pouco e não gera calor, além de dispensar o uso de reatores que consomem ate 20% a mais.
SUSTENTÁVEL:
O LED por ser reciclável e não possuir materiais tóxicos para o meio-ambiente e o ser humano se torna muito mais sustentavel, além disso, consome menos energia e calor, diminuindo a emissão de C02.
SEM INSETOS:
Já que a luz de LED não possui radiação infravermelha e ultravioleta, seu facho de luz é frio, por isso não atrai insetos.
INSTALAÇÃO FÁCIL:
A instalação do LED é muito simples já que Bi-volt e nao precisam de reator. Dessa forma não é necessário trocar fiação, soquetes ou disjuntores e também são muito mais leves.
SAUDÁVEL:
O LED não emite raios UV/IR e sua luz e fria, evitando danos a sua pele e diminuindo o desbotamento dos móveis.
ADPTAVEL:
Por seu tamanho, o LED cabe em qualquer lugar e podendo ser utilizado de forma muito grande, desde grandes projetos de iluminação e luminárias até aplicações em móveis e pequenos objetos. Possibilitando assim a criação de soluções especificas para a necessidade de uso.
MENOR MANUTENÇÃO:
A vida útil das lâmpadas LED é muito maior, com isso, a necessidade de troca se torna quase nula, evitando custos e trabalhos decorrentes da manutenção.
PRÁTICO E RÁPIDO:
Os LEDs não sofrem interferência em sua vida útil pelo ligar e desligar, além disso, seu tempo de acendimento completo é instantâneo, ao invés de 1 a 2 minutos como nas demais tecnologias.

Modernize e Economize

Solicite uma visita. Vamos conversar!
Nossos projetos não têm custo!

Entre em contato